P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 05/12/20
Matérias
Divulgação

Salma Saddi, que estava no cargo desde sua criação, foi exonerada e em seu lugar nomeado o advogado Allyson Ribeiro e Silva Cabral, sem nenhuma expertise no ramo

Conselho de Arquitetura diz que troca no Iphan prejudica a preservação do patrimônio histórico em Goiás

25/09/2019 · Por Pedro Lopes

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Goiás manifestou repúdio à troca do comando do Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Goiás. Salma Saddi foi exonerada no último dia 18 de setembro. O governo federal efetuou mudança no comando do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Goiás para atender indicação do deputado federal Alcides Ribeiro (PP), o Professor Alcides. Salma Saddi, que estava no cargo desde sua criação, foi exonerada e em seu lugar nomeado o advogado Allyson Ribeiro e Silva Cabral.

Em nota, o CAU/GO criticou o que chamou de "distribuição aleatória de cargos em geral" e, em especial, a troca do comando do Iphan, o que para o conselho "prejudica a política de preservação do patrimônio histórico em Goiás e no país", afirmando que o responsável pelo órgão "não tem experiência no setor". 

Para o CAU, o cargo deveria ser preferencialmente ocupado por profissionais habilitados, como arquitetos, historiadores, arqueólogos e outros. "O conhecimento sobre o passado, propiciado pela preservação do patrimônio, é fundamental para a evolução da sociedade", afirma a coordenadora da Comissão de Política Urbana e Ambiental do CAU/GO, Maria Ester de Souza. 

O posicionamento do conselho segue o entendimento parecido do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) e da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA). As entidades emitiram nota conjunta no último domingo, 22, em repúdio ao que chamam de "ataques ao governo federal ao Iphan", após a substituição de seus superintendentes estaduais por agentes políticos "sem formação e sem experiência para compreenderem o Patrimônio Cultural brasileiro e a riqueza da cultura popular do nosso país, como ocorreu com as recentes nomeações dos Superintendentes do Iphan nos Estados de Goiás, Paraná e no Distrito Federal."

Governo Bolsonaro sorteia cargos e Professor Alcides ‘ganha’ superintendência do Iphan


Salma Saddi Iphan CAU/GO Professor Alcides Allyson Ribeiro e Silva Cabral PP Jair Bolsonaro