P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 20/05/22
Matérias
Divulgação

Rincon ainda destacou críticas a Operação Cash Delivery e disse que se não fosse isso, Marconi Perillo não estaria em dúvidas se iria ser candidato ao Governo ou ao Senado

Jayme Rincón defende que é melhor Marconi não se candidatar a governador

13/05/2022, às 22:12 · Por Redação

Jayme Rincón, ex-presidente da Agetop, atual Goinfra, diz ter certeza que o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) estará presente em uma candidatura nas eleições em 2022 e quer que ele viabilize sua pré-candidatura ao Senado.

“Ele não decidiu, mas ele com certeza estará nas próximas eleições disputando a cadeira no Senado ou a recondução ao Palácio das Esmeraldas para reconstruir Goiás”, destacou na manhã da última quinta-feira, 05, em entrevista concedida a mim, no programa Manhã Bandeirantes.

“Eu acho que ele deveria disputar o Senado porque ele seria reinserido novamente no cenário nacional. Mas vai haver uma pressão muito grande, em função da atual gestão para que o Marconi Perillo dispute o Governo”, complementou criticando indiretamente a administração tocada por Caiado. Tucanos defendem que o tema desta campanha será a “comparação” entre os governos Perillo e Caiado.

Rincon ainda destacou críticas a Operação Cash Delivery e disse que se não fosse isso, Marconi Perillo não estaria em dúvidas se iria ser candidato ao Governo ou ao Senado. Ele seria o nome da atual terceira via a presidência da República. 

“Só para ressaltar: se não fosse a famigerada Operação Cash Delivery, o Marconi Perillo era o candidato do PSDB hoje da terceira via a presidência da República com chances de ganhar. Essa operação tirou dos goianos o direito de eleger ou de ter um goiano, ex-governador, disputando a presidência da República, com chances de ganhar”, concluiu.



Jayme Rincon Marconi Perillo Eleições 2022
P U B L I C I D A D E