P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 01/12/21
Matérias
Divulgação

Além de proteger do sol, os abrigos também evitam depredações e atos de vandalismo contra o ninho

Goiânia terá abrigos para corujas em espaços públicos

24/11/2021 · Por Redação

Com objetivo de oferecer um local de proteção para aves de rapina que habitam as áreas urbanas, a Prefeitura de Goiânia está realizando ações de revitalização e preservação destes locais. Uma delas é a disponibilização de abrigos para corujas.

A construção das coberturas é realizada pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) e pode ser solicitada pela Central de Atendimento, através dos números 3524-8555, 3524-8500 e (62) 98596-8555, sendo este último WhastApp. Além disso, o pedido também pode ser feito pelo aplicativo Prefeitura 24 horas. A iniciativa foi desenvolvida a partir da observação de inúmeros ninhos localizados em espaços de revitalização e do cuidado dos colaboradores da Comurg em não danificar os buracos com o maquinário utilizado nesses locais.

Além de proteger do sol, os abrigos também evitam depredações e atos de vandalismo contra o ninho. Recentemente, equipes de obras estiveram na região Oeste, onde instalaram um novo abrigo. Depois da implantação das coberturas, na Vila João Vaz, em agosto deste ano, o Jardim do Cerrado IV também recebeu a ornamentação. O espaço contemplado foi o pátio da Unidade de Saúde da Família. A Praça Espírito Santo, no Jardim das Amendoeiras, também está na programação para receber a instalação do equipamento.

Segundo a coordenadora geral da Unidade de Saúde do Jardim Cerrado IV, Luciana Oliveira, as corujas habitam o pátio há mais de sete anos. “As corujas têm papel fundamental no combate a animais peçonhentos, como cobras, que aparecem aqui, já que estamos próximos a uma região de mata. Atendemos cerca de 10 mil pessoas por mês e temos muito cuidado com a segurança dos frequentadores”, pontua.

Toda a estrutura do abrigo é construída com material proveniente de retalhos de madeira que sobram da produção de mesas e cadeiras confeccionadas pela marcenaria/serralheria do órgão municipal. A madeira advém de árvores caídas em vias públicas e removidas pela Comurg. Todo o material é reciclado e reaproveitado em projetos paisagísticos que enfeitam as praças da capital.


Ninhos Coruja Goiânia