Poder Goiás

Goiânia, 17/10/21
Matérias
Divulgação

Sobre a decisão de se candidatar ao Senado, Meirelles contou que recebeu o convite das lideranças locais do PSD e se entusiasmou com a ideia

Disposto a ser candidato a senador, Henrique Meirelles realiza série de reuniões em Goiânia

11/10/2021 · Por Eduardo Horacio

O ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles (PSD) realizou uma série de reuniões em Goiânia durante o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida. Atual secretário de Fazenda de São Paulo, Meirelles decidiu intensificar as conversas para viabilizar candidatura ao Senado Federal por Goiás.

Além de encontros com lideranças do PSD local como o presidente estadual Vilmar Rocha, o senador Vanderlan Cardoso, o deputado federal Francisco Júnior e a vereadora Sabrina Garcêz, o economista também conversou com empresários e políticos do interior do Estado. Entre as reuniões, esteve com o empresário Otávio Lage de Siqueira Filho.

Convidado pelo ex-deputado Samuel Almeida, Henrique Meirelles participou de um culto na Assembleia de Deus, ministério Fama, na noite de domingo, 10. Na segunda-feira, o ex-ministro visitou a sede do Grupo Jaime Câmara e concedeu entrevista ao jornalista Jackson Abrão.

Durante a tarde, Meirelles teve encontro com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido). O ex-ministro não fala abertamente, mas seus aliados trabalham prioritariamente por uma aliança com o governador Ronaldo Caiado. Na última visita ao Estado, ele se encontrou com o governador no Palácio das Esmeraldas.   

Cenário local
Henrique Meirelles recebe políticos e empresários em um dos quartos do Castro 's Hotel, transformado em espécie de escritório político do pessedista. Nas conversas, em geral, o economista mais ouve do que fala, sempre atento ao conhecimento do cenário local demonstrado por seus interlocutores. Entre um assunto e outro, Meirelles faz questionamentos pontuais.

Sobre a decisão de se candidatar ao Senado, Meirelles contou que recebeu o convite das lideranças locais do PSD e se entusiasmou com a ideia. Ele lembra que em 2022 chegou a se lançar pré-candidato, mas acabou disputando mandato de deputado federal pelo PSDB. Eleito, não chegou a assumir o mandato, ao aceitar convite do então presidente Lula para presidir o Banco Central. Ficou no comando da instituição durante oito anos.

Henrique Meirelles acredita que tem muito a ajudar Goiás, caso seja eleito senador. Além do bom relacionamento com as principais lideranças políticas do País, independente de partidos e ideologias, o economista acredita que sua experiência e credibilidade podem ser fundamentais para atrair novos investimentos para Goiás.


Henrique Meirelles PSD Eleições 2022 Castro's Park Hotel