Poder Goiás

Goiânia, 19/09/21
Matérias
Foto: Cristiano Borges

O impacto do reajuste na folha salarial do Estado será de aproximadamente R$ 70 milhões neste ano e de R$ 280 milhões em 2022 e 2023, de acordo com previsão da Secretaria de Estado da Administração

Governador Ronaldo Caiado sanciona lei que reajusta salários dos servidores da Educação

14/09/2021 · Por Eduardo Horacio

O governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionou a lei nº 21.085 que reajusta os vencimentos de professores, agentes administrativos e do pessoal contratado temporariamente pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc). A nova lei também cria o auxílio aprimoramento continuado no valor mensal de R$ 500, que deve ser pago a partir do próximo mês.

O projeto de lei com a sanção do governador foi publicado em suplemento do Diário Oficial do Estado de Goiás na última segunda-feira, 13. Os professores P1 e P2 e aposentados terão reajuste de 4,52%. Já os servidores administrativos e professores P3 e P4 terão aumento salarial de 7,2%.

O impacto do reajuste na folha salarial do Estado será de aproximadamente R$ 70 milhões neste ano e de R$ 280 milhões em 2022 e 2023, de acordo com previsão da Secretaria de Estado da Administração (Sead). Já o auxílio de aprimoramento continuado terá custo total de R$ 81,4 milhões neste ano e de R$ 325,9 milhões nos próximos anos. 


Ronaldo Caiado Governo de Goiás Educação Professores Reajuste Salarial