Poder Goiás

Goiânia, 19/09/21
Matérias
Divulgação

Em Aparecida de Goiânia, a gerente de imunização local, Renata Cordeiro, afirma que o reforço ocorrerá nos mesmo locais onde a segunda dose vem sendo administrada, além de descartar qualquer tipo de agendamento

Com início dia 15, Goiânia ainda não definiu nenhuma estratégia para aplicação da 3ª dose em idosos

13/09/2021 · Por Eduardo Horacio

A Prefeitura de Goiânia anunciou para quarta-feira, 15, o início da aplicação da dose de reforço (ou terceira dose) em idosos com mais de 70 anos ou pessoas imunossuprimidas. Porém, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aguarda a chegada de uma nova remessa para definir a estratégia de aplicação do imunizante.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) deve repassar a informação na terça-feira, 14, e fazer as entregas das vacinas aos municípios no dia seguinte. Com a quantidade definida, a secretária executiva da SMS, Luana Ribeiro, informa que a pasta definirá como atender essa população. Ela ressalta que idosos e imunossuprimidos devem receber a dose de reforço com o imunizante da Pfizer.

Em Aparecida de Goiânia, a gerente de imunização local, Renata Cordeiro, afirma que o reforço ocorrerá nos mesmo locais onde a segunda dose vem sendo administrada, além de descartar qualquer tipo de agendamento. “Nosso intuito é facilitar o máximo possível o acesso da população à vacina”, comentou.

Para receber a dose de reforço é necessário que o idoso tenha tomado a segunda dose há pelo menos seis meses. Já os imunossuprimidos podem ser vacinados 28 dias após a segunda dose.


Prefeitura de Goiânia Vacina Vacinação Prefeitura de Aparecida Rogério Cruz Durval Pedroso Gustavo Mendanha