Poder Goiás

Goiânia, 19/09/21
Matérias
Divulgação

Em Goiânia, os bairros sem asfalto são todos nas periferias da cidade, especialmente nas regiões Norte e Noroeste

Cerca de 10 mil pessoas em Goiânia ainda sofrem com a falta de asfalto

13/09/2021 · Por Redação

Entre os 36 bairros listados pela Prefeitura de Goiânia ainda em 2011 como os únicos sem asfalto, apenas 8 receberam o benefício, e todos eles entre 2018 e este ano. Outros três setores (Sítio de Recreio Caraíbas, Residencial Santa Efigênia e Jardim Novo Petrópolis) entraram na lista e outro foi desmembrado, formando o Shangri-lá I e Shangri-lá II. Em 14, as obras estão em andamento.

Assim, dez anos depois da listagem, o Jornal O Popular trouxe dados de que a capital conta hoje com pelo menos 18 bairros regulares e sem a pavimentação asfáltica, um dos requisitos básicos para a vida nas cidades.

Quando a gestão Iris Rezende (MDB) deixou a administração com o seu então vice-prefeito, Paulo Garcia (PT), em 2010, o compromisso era de que todas as ruas de Goiânia estivessem asfaltadas, o que não ocorreu. O petista ainda finalizou as obras que estavam em andamento e a partir de 2011 restaram os 36 setores, que tinham sido criados ainda antes da obrigação que se tem hoje para que os loteadores entreguem os bairros já com os serviços de drenagem e pavimentação realizados.

No entanto, locais de extensão dos setores já antigos ou regularizados pela Prefeitura o serviço deve ser feito com recursos públicos. Com a volta de Iris em 2017, a administração voltou a prometer que todos os bairros que restavam na lista seriam pavimentados. Em 2020, no entanto, a promessa era entregar a gestão para o sucessor com 16 setores que constavam na lista com o asfalto, mas o serviço foi realizado em oito, além de finalizar outro bairro que não estava entre os que ficaram sem o benefício, o Jardim Colorado, que restavam poucas ruas sem a pavimentação. Assim mesmo, a conclusão em alguns bairros ocorreu já em 2021, na gestão Rogério Cruz (Republicanos).

Em Goiânia, os bairros sem asfalto são todos nas periferias da cidade, especialmente nas regiões Norte e Noroeste. Apenas um se encontra na Região Sudoeste, o Residencial Privê das Oliveiras, localizado na saída para Abadia de Goiás. Nas mesmas regiões estão localizados os bairros asfaltados nos últimos três anos e aqueles que estão com obras em andamento. Ao todo, a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) considera que 16 bairros estão com obras em andamento. No entanto, estão na lista as obras de pavimentação nos Residenciais Antônio Barbosa e Shangri-lá I e II.

Cerca de 9 mil pessoas em Goiânia prejudicadas por situação das vias Cerca de 3 mil residências estão nos bairros de Goiânia que não possuem asfalto, em lista elaborada desde 2011 e que apenas parte teve o benefício, todos nos últimos 3 anos. No entanto, a estimativa é que a situação prejudique cerca de 9 mil pessoas por conviverem com a poeira ou a lama e muitas vezes com a falta de rede de drenagem e de esgoto. Há bairros na capital, no entanto, em que as obras ainda estão em andamento ou que possuem o asfalto em apenas parte das ruas, como é a situação atual dos setores Orlando de Moraes e Antônio Carlos Pires, ambos na Região Norte, o que elevaria ainda mais o número de moradias em Goiânia que não possuem asfaltamento e calçadas.

O titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra), Fausto Sarmento, garante que a gestão da Prefeitura de Goiânia pretende asfaltar todos os bairros da capital que ainda não possuem o benefício. “Nosso objetivo é asfaltar todos esses bairros, até pelo esgotamento, já que temos cada vez mais áreas não pavimentadas e esses locais têm um custo alto, não só de manutenção, que é grande, mas também político”, garante. 



Asfalto Goiânia Obras