P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 19/06/24
Matérias
ICB/UFG

Na prática, o índice de 1,13 significa que, em média, 100 pessoas podem infectar outras 113

Cresce taxa de transmissão da Covid-19 em Goiás, com tendência ruim para janeiro

17/12/2020, às 02:28 · Por Eduardo Horacio

A taxa de infecção de Covid-19 em Goiás voltou a ter índice índice acima de 1,0, o que não ocorria desde o início de setembro. O novo cálculo da situação no Estado, feito pelo grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Goiás (UFG), indica índice de 1,13, com dados até o último dia 11/12 (não pegando os últimos seis dias, que teve crescimento ainda mais acelerado). Na prática, o índice de 1,13 significa que, em média, 100 pessoas podem infectar outras 113.

Em alguns municípios do interior, a situação é pior do que a de Goiânia. Em Formosa a taxa de infecção chega a 2,23. Em Catalão, o índice é de 2,07. Em todo o Estado, o índice só cresce desde o início de novembro, de acordo com a Nota Técnica 10 dos pesquisadores ligados ao Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFG. A taxa média de infecção em Goiás está em 1,27 (maior que a média estadual, mas menor que cidades com pico). 


ICB UFG Covid-19 Taxa de Infecção Coronavírus
P U B L I C I D A D E