P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 23/05/24
Matérias
Divulgação

Gilvane Felipe recebe apoio dos petistas e será o novo gestor do órgão após gestão interina de historiadora

Ex-presidente do Cidadania assumirá superintendência do Iphan em Goiás

15/05/2024, às 11:33 · Por Redação

Ex-secretário estadual de Cultura pelo Cidadania, Gilvane Felipe será nomeado como o novo superintendente do Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Goiás. Sua indicação recebeu respaldo dos petistas goianos após sua defesa de aliança com a deputada federal Adriana Accorsi (PT) à Prefeitura de Goiânia, desligando-se da direção estadual do Cidadania em dezembro.

Desde a saída do ex-prefeito de Goiânia Pedro Wilson (PT) do cargo, em março, o Iphan vinha sendo gerido interinamente pela historiadora Hellen Batista Carvalho. Gilvane Felipe, cujo nome já era cotado há mais de um mês, consolidou sua nomeação após uma reunião com o presidente do Iphan nacional, Leandro Antônio Grass Peixoto, na semana passada.

A tramitação interna para formalizar a nomeação teve início nesta terça-feira, 14. Gilvane, que tem desempenhado um papel ativo na pré-campanha de Adriana Accorsi e na articulação de alianças para o partido, enfatizou sua intenção de promover a pacificação no instituto. Apesar de sua filiação ao Cidadania, ele não pretende se desvincular do partido, conforme informação do jornal O Popular.

Com experiência anterior como superintendente do Sebrae e secretário de Cultura durante o terceiro governo de Marconi Perillo (2011-14), do PSDB, Gilvane expressou sua visão sobre sua nova função. "Eu tenho um pé na área, tenho experiência de gestão e já comecei a ouvir servidores para fazermos uma administração harmoniosa. Vamos focar no trabalho, em resultados", afirmou.


Iphan Gilvane Felipe Cidadania PT Goiás,
P U B L I C I D A D E