P U B L I C I D A D E
Poder Goiás

Goiânia, 28/06/22
Matérias
Divulgação

Reajuste dos combustíveis terá impacto maior nas empresas de transporte que trabalham com carga de lotação e percorrem distâncias maiores

Preço do frete em Goiás deve aumentar após subida do diesel

21/06/2022, às 12:45 · Por Redação

O reajuste de 14,26% no preço do óleo diesel, anunciado na última sexta-feira pela Petrobras, deve provocar uma onda de altas nos preços de vários produtos e impactar ainda mais a inflação. A estimativa da Federação Interestadual das empresas de Transporte de Cargas & Logística (Fenatac & Logística) é que o preço do frete suba até 7% no País. Como o custo do transporte tem um impacto de 3% a 5% nos preços das mercadorias, a expectativa é de produtos ainda mais caros no varejo, como mostra o jornal O Popular.

Os preços do diesel são mais salgados no interior. Em Porangatu, no Norte do Estado, ontem o litro do diesel S10 comum variava de R$ 7,60 a R$ 8,29. Em um posto do município de Rio Verde, na Região Sudoeste, o litro do combustível já estava sendo vendido ontem por até R$ 8,64. Já em Goiânia, o diesel comum variava de R$ 6,58 a R$ 7,89, mas o S10 já podia ser encontrado por até R$ 8,39. 

O reajuste terá impacto maior nas empresas de transporte que trabalham com carga de lotação e percorrem distâncias maiores e um pouco menos para empresas que levam cargas fracionadas em trechos menores. Para o presidente da Fenatac, Paulo Afonso Lustosa, a situação atual preocupa. “Há um inconformismo entre a população e o setor empresarial, o que gera instabilidade para o governo, pois o processo eleitoral ainda está muito polarizado”, avalia.

Em nota, a Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) lembrou que o setor também tem arcado com reajustes consideráveis nos preços de peças para os caminhões e aumentos de salários dos trabalhadores do transporte nas convenções coletivas. Porém, em um ano, o preço médio do litro do diesel nos postos de combustíveis aumentou cerca 57%, segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e o piso do frete de carga geral no Brasil teve um reajuste de 29,7%.


Combustíveis Reajuste Diesel Gasolina Petrobras Goiânia Goiás
P U B L I C I D A D E