Poder Goiás
Goiânia, 30/03/20
Matérias
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Medalha da Ordem do Mérito Tiradentes, maior honraria do governo de Goiás, é dividida em três graus: Grâ-cruz (cruz dourada), Grande Oficial (cruz prata) e Comendador (cruz bronze)

É hoje: Caiado distribui medalhas a Jair Bolsonaro, Mourão e mais 332 pessoas

25/07/2019 · Por Eduardo Horacio

A maior honraria do governo de Goiás será entregue hoje, 25 de julho, a uma extensa lista de autoridades civis e militares pelo governador Ronaldo Caiado (DEM). Entre os homenageados estão o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL); a primeira-dama, Michelle Bolsonaro; e o vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB).

No total, a honraria será entregue a 334 pessoas, incluindo deputados, prefeitos, auxiliares do primeiro escalão do governo, desembargadores, juízes, procuradores, promotores e empresários, além do governador do Tocantins e de um senador pelo Estado. Além dos civis, a homenagem alcança um grande número de militares (267 pessoas). A lista completa circulou no Diário Oficial do Estado, em decreto assinado pelo governador, no último dia 17.

A entrega ocorrerá durante a solenidade que homenageia a Cidade de Goiás, primeira capital do Estado, com a transferência simbólica da capital, em 25 de julho. A Medalha da Ordem do Mérito Tiradentes, maior honraria do governo de Goiás, é dividida em três graus: Grâ-cruz (cruz dourada), Grande Oficial (cruz prata) e Comendador (cruz bronze).

Bolsonaro, Michelle e o general Mourão receberão a Medalha Tiradentes Grau Grã-Cruz, a maior de todas. Ao lado deles, o vice-governador Lincoln Tejota e a mulher dele, vereadora Priscila Tejota, também serão agraciados com o grau máximo. O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, e o senador Carlos Eduardo (TO) também irão compor o grupo, além do presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, Aylton Flávio Vecci.

Há, no entanto, uma confusão dentro do próprio governo e no cerimonial sobre a data das entregas das medalhas. Várias mudanças foram feitas de última hora e alguns homenageados só descobriram pela imprensa que receberão as medalhas (leia mais aqui)

Aliados
Entre deputados estaduais e auxiliares do primeiro escalão do governo, Ronaldo Caiado privilegiou seus aliados para receber a condecoração na Cidade de Goiás. Na lista dos que serão agraciados estão os deputados estaduais Amauri Ribeiro (PRP), Bruno Peixoto (MDB), Eduardo Prado (PV) e Humberto Teófilo (PSL).

O grupo de auxiliares é maior: Anderson Máximo (Casa Civil), Fátima Gavioli (Educação), Cristiane Schmitdt (Fazenda), Ismael Alexandrino (Saúde), Valéria Torres (Comunicação), Marcos Roberto da Silva (Detran), Pedro Henrique Sales (Gestão e Planejamento), além do ex-senador Wilder Morais (Indústria e Comércio). O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sebastião Tejota, pai do vice-governador, também será homenageado. A lista dos agraciados e não-agraciados no primeiro escalão de Caiado pode servir de medida para quem tem ou não prestígio direto com o governador.

Os parlamentares, auxiliares e o conselheiro serão contemplados com a Medalha Tiradentes no grau Grande Oficial, exceto o secretário de Segurança Pública, Rodney Rocha Miranda; a procuradora geral do Estado, Juliana Pereira Diniz Prudente; e o delegado-geral da Polícia Civil, Odair José Soares. Eles receberão a mesma homenagem que Bolsonaro, Michelle e Mourão.

Expulsos
O governador Ronaldo Caiado (DEM) também usará a solenidade de entrega da Medalha da Ordem do Mérito Tiradentes para homenagear prefeitos do MDB que o apoiaram na disputa pelo governo do Estado, em 2018. Os prefeitos Adib Elias (Catalão), Paulo do Vale (Rio Verde) e Fausto Mariano (Turvânia), alvos de processo de expulsão no MDB, integram a extensa lista de 334 homenageados.

Adib Elias, Paulo do Vale e Fausto Mariano receberão a Medalha Tiradentes Grau Comendador (bronze), a terceira na hierarquia da honraria – os outros graus são Grã-Cruz (ouro) e Grande Oficial (prata).

Além deles, os prefeitos de Goianésia, Renato de Castro, e de Formosa, Gustavo Marques de Oliveira, também serão homenageados com a comenda. O prefeito de Goianesia é o único poupado pelo processo de expulsão do MDB, comandado pelo presidente estadual do partido, o ex-deputado federal Daniel Vilela.

Eleito vice-prefeito, Gustavo de Oliveira assumiu a prefeitura de Formosa após a renúncia de Ernesto Roller, que assumiu a secretaria de Governo na gestão de Ronaldo Caiado. Roller também era um dos dissidentes do MDB, mas desfiliou-se da legenda antes do avanço do processo de expulsão. 

Empresários
O governador Ronaldo Caiado também listou alguns empresários para receber a homenagem na Cidade de Goiás. Juan Angel Zamora Pedreno, proprietário da Eurogroup, estará ao lado de Bolsonaro para receber a Medalha Tiradentes Grau Grã Cruz.

O presidente da Taurus, Salesio Nuhs Taurus, também será homenageado pelo governador de Goiás. Wander Divino de Oliveira (dono da empresa Work Show), também será condecorado ao lado do cantor José Toscano Martins Neto, o Zé Neto (que faz dupla com Cristiano), e pertence ao elenco da empresa de Wander. Eles serão condecorados com Medalha Tiradentes Grau Comendador.

Militares
Se o governador Ronaldo Caiado listou 67 civis para receber a homenagem na Cidade de Goiás, foi ainda mais generoso ao conceder a honraria aos militares. Ao todo, 267 receberão um dos três graus da Medalha Tiradentes. O topo da lista contempla dois generais de brigada do Exército Brasileiro: Mário Fernandes e Marco Aurélio de Almeida Rosa. Os dois receberão a Medalha Tiradentes no grau Grã Cruz.

A lista ainda contempla mais 24 coronéis, 21 tenentes-coronéis, 27 majores, 21 capitães, 30 tenentes, 19 subtenentes, 111 sargentos e 12 cabos entre agraciados com um dos três graus da Medalha Tiradentes. 


Ronaldo Caiado Medalha Tiradentes Jair Bolsonaro Michele Bolsonaro Hamilton Mourão MDB Adib Elias Paulo do Vale Fausto Mariano Renato de Castro Ernesto Roller