Poder Goiás
Goiânia, 17/09/19
Matérias
Divulgação

Atualmente, o cartão da área azul é em papel e, em breve, será por aplicativo, segundo a Prefeitura de Goiânia

Mudança: Área Azul em Goiânia será controlada por meio de aplicativo

25/07/2019 · Por Pedro Lopes

As vagas da chamada Área Azul, Centro e Campinas, em breve contarão com controle por meio de aplicativo. É o que propôs a  Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) em audiência pública na Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg). 

A Prefeitura de Goiânia também quer ampliar de 3.600 para 11 mil as vagas distribuídas no Centro e Campinas, com vagas também na região do Setor Aeroporto. A digitalização, segundo o secretário da SMT Fernando Santana, visa trazer conforto para o usuário e sustentabilidade para o comércio goiano. 

 “O controle eletrônico de estacionamentos é uma alternativa das cidades modernas, sendo que atualmente mais de 15 capitais estão em processo de implantação dessa modalidade de monitoramento das vagas, que proporciona rotatividade e beneficia o comércio local” explicou o secretário. 

Ao obter o Cartão Azul Digital, será necessário selecionar a vaga e associar à placa do carro, escolhendo o tempo de estacionamento, que é de 1 ou 2 horas, com confirmação via SMS. Para a SMT, a digitalização da Área Azul vai assegurar a rotatividade das vagas; contribuir na sustentabilidade e manutenção do comércio; modernizar e expandir o sistema Área Azul; auxiliar o Poder Público na fiscalização e na mobilidade urbana; e aplicar recursos tecnológicos para facilitar a vida do cidadão.

Vagas 
Atualmente, o valor na Área Azul em Goiânia varia entre R$ 1,50 na primeira hora e R$ 2,50 na segunda hora, sem reajuste desde 2014. São 1.700 vagas no Centro da capital e 1.900 no Setor Campinas, hoje controladas pelo sistema de cartões impressos.

Com a chegada do aplicativo, a proposta inicial da prefeitura é expandir para 11 mil vagas nessas de maior movimento intenso. Em um segundo momento, a expansão pretende atingir 30 mil vagas na áreas de concentração comercial dos Setores Recanto do Bosque, Vila Finsocial, Jardim Nova Esperança, Residencial Eldorado, Setor Novo Horizonte, Setor Marechal Rondon, Setor Centro Oeste, Coimbra, Bueno, Oeste, Marista, Aeroporto, Sul, Pedro Ludovico, Jardim Goiás, Alto da Glória, Aguá Branca, Leste Universitário, Vila Nova e Norte Ferroviário.


SMT Área Azul Prefeitura de Goiânia Trânsito Mobilidade Urbana