Poder Goiás
Goiânia, 30/03/20
Matérias
Foto: Diene Batista

Jenifer Lopes (à esquerda), da comunidade Luz da Vida, pediu a volta do Coaf para o Ministro da Justiça, mas disse não saber o que é Coaf

7 mil pessoas protestam a favor do governo Bolsonaro em Goiânia

26/05/2019 · Por Diene Batista

Ao menos sete mil pessoas, segundo os organizadores (cinco mil segundo a PM), participaram do movimento em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) neste domingo, 26, em frente à sede da Superintendência da Polícia Federal, no Setor Bela Vista. 

Segundo o organizador Neto, do Movimento Unidos Pelo Brasil, a quantidade pessoas atingiu as expectativas dos organizadores. “Foi satisfatório a quantidade de pessoas”, destacou ao dizer também que todas as demandas apresentadas são importantes. Outros seis movimentos encamparam o protesto na capital. 

Jenifer Lopes, da comunidade Luz da Vida, era uma das manifestantes que pediam a volta do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Justiça, comandado por Sérgio Moro. Apesar de não saber do que se trata, ela segurava uma placa com os sete deputados federais goianos que votaram para que o Coaf voltasse para o Ministério da Economia. 

Uma grande faixa no trio oficial também apontava o que chamam de os “Inimigos do Brasil votaram para tirar o Coaf de Moro e foram os deputados Adriano do Baldy, Alcides Rodrigues, Glaustin da Fokus, Lucas Vergílio, Magda Moffato, Professor Alcides e Rubens Ottoni”.

Em Goiânia os manifestantes seguiram a recomendação do presidente e não pediram o fechamento do STF. No trio não houve pedido explícito contra os 11 ministros, mas cartazes atacavam o presidente da instituição Dias Toffoli. “STF não pode fazer política. Fora Toffoli”.

O ato começou por volta das 15h e seguiu em passeata até o Parque Vaca Brava; 21 estados e o DF registraram manifestações em 122 cidades. Até neste sábado, 25, 10 cidades haviam confirmado mobilização no Estado.


Jair Bolsonaro Polícia Federal Manifestação