Poder Goiás

Goiânia, 16/04/21
Matérias
Divulgação

Comum em início de um novo governo, sobretudo aqueles que sucedem adversários, o decreto de Rogério Cruz delimita, de fato, o início da administração do Republicanos na Capital

Decreto de Rogério Cruz é modificado e agora impõe ‘pente fino’ nos últimos 90 dias da gestão de Iris Rezende

07/04/2021 · Por Eduardo Horacio

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz (Republicanos) publicou decreto determinando aos seus auxiliares a revisão e consolidação de todos os atos normativos legais ou infralegais dos últimos três meses da gestão do ex-prefeito Iris Rezende (MDB), encerrada em 31 de dezembro de 2020. Na prática, o ato impõe um ‘pente fino’ nos últimos 90 dias da gestão do emedebista.

Comum em início de um novo governo, sobretudo aqueles que sucedem adversários, o decreto de Rogério Cruz delimita, de fato, o início da administração do Republicanos na Capital.

Inicialmente, o decreto 2.128, de 30 de março, impunha a revisão de todos atos da gestão nos últimos 90 dias, o que abrangia somente o período em que o próprio Rogério Cruz estava à frente da Prefeitura. No dia 5 de abril, porém, o Diário Oficial trouxe uma errata corrigindo a redação do decreto e modificando a revisão para os 90 dias finais do governo de Iris Rezende. 


Rogério Cruz Prefeitura de Goiânia Iris Rezende MDB Republicanos