Poder Goiás

Goiânia, 16/04/21
Matérias
Reprodução

Acompanham a decisão do MDB todos os auxiliares do primeiro escalão escolhidos pela legenda, incluindo nomes sem filiação partidária

Secretários executivos ocupam interinamente pastas deixadas pelo MDB

05/04/2021 · Por Redação

Logo após o desembarque dos secretários ligados ao MDB, o prefeito de Goiânia Rogério Cruz (Republicanos), convocou uma reunião com os secretários executivos de cada uma destas pastas e anunciou que eles ficam interinamente. 

Em carta à população goianiense, o MDB rompeu com a gestão do republicanos após considerar que o grupo do prefeito distanciou  completamente do projeto de governo que elegeu Maguito Vilela (MDB) em novembro do ano passado.

A decisão foi tomada após uma série de desgastes que teve início com a abrupta substituição de auxiliares nomeados pelo prefeito eleito Maguito Vilela (MDB), que morreu em consequência da Covid-19 em 13 de janeiro. Acompanham a decisão do MDB todos os auxiliares do primeiro escalão escolhidos pela legenda, incluindo nomes sem filiação partidária.

Deixaram a Prefeitura de Goiânia os seguintes auxiliares: Agenor Mariano (secretário de Planejamento Urbano e Habitação), Alessandro Melo (Finanças), Pedro Chaves (Mobilidade Urbana), Durval Pedroso (Saúde), José Frederico (Escritório de Prioridades Estratégicas), Euler Morais (Relações Institucionais), Filemon Pereira (Direitos Humanos), Carlos Júnior (Desenvolvimento e Economia Criativa) e Célio Campos (Inovação, Ciência e Tecnologia).


Rogério Cruz Prefeitura de Goiânia