Poder Goiás
Goiânia, 17/09/19
Matérias
Divulgação

Paulo Daher, do DEM de Caiado, é um nome cotado para ser vice de Iris, caso ele concorra à reeleição

Dois nomes despontam para a vice de Iris em 2020

19/04/2019 · Por Diene Batista

Apesar de negar interesse pela reeleição, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), já conta com duas opções para vice, caso decida buscar um quinto mandato em Goiânia. 

Seu ex-auxiliar Francisco Júnior (PSD), que foi adversário na última eleição, volta ao radar do líder emedebista como o vice dos sonhos, assim como se mostrava em 2016. Francisco é ligado a igreja Católica e fortaleceria uma chapa encabeçada por Iris, que é Evangélico. 

Conta a favor de Francisco o trabalho realizado enquanto secretário de Planejamento de Iris entre 2004 e 2008, considerado inovador. O lado negativo da aliança é o apoio que o pessedista emprestou ao marconismo em seus dois últimos mandatos. 

Outro nome que trabalha para ocupar o posto é o vereador Paulo Daher (DEM). O parlamentar é um dos maiores defensores do prefeito na Câmara e conta com o apoio do governador Ronaldo Caiado (DEM), que já anunciou que nutre simpatia pela reeleição do aliado. 

O secretário de Administração de Iris, Agenor Mariano, também não nega nos bastidores que trabalha para ser vice ou ocupar a vaga de candidato do grupo, caso Iris desista. 

Em caso de desistência, o partido abriria disputa com o vereador Clécio Alves (MDB) e o deputado estadual Bruno Peixoto (MDB) também interessados. A decisão também desobrigaria Caiado de apoiar o partido e a eleição poderia fragmentar a base governista. 

O PP de Vanderlan Cardoso, segundo colocado em 2016, também trabalha para indicar o vice, o que tiraria o empresário da disputa. Ele é considerado um dos mais competitivos, caso busque novamente governar a capital. 


Iris Rezende Prefeitura de Goiânia Eleições 2020