Poder Goiás
Goiânia, 26/01/21
Matérias
Divulgação

O tema foi um plano de metas, que será divulgado, em breve, para os próximos 100 dias a partir de ações e prioridades para o início da gestão

Reunião dos novos secretários discute metas para os próximos 100 dias

04/01/2021 · Por Pedro Lopes

O prefeito em exercício de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) , comandou a primeira reunião com a nova equipe de secretários nesta segunda-feira, 04, logo após a posse dos titulares do primeiro escalão do governo do prefeito Maguito Vilela (MDB). O tema foi um plano de metas, que será divulgado, em breve, para os próximos 100 dias a partir de ações e prioridades para o início da gestão.

O secretário municipal de Relações Institucionais, Euler Morais, explica que a intenção de Maguito e Rogério é buscar alternativas de recursos para Goiânia. "Podem ser recursos dos ministérios, da bancada federal, estadual, de organismos internacionais, de investidores que querem vir para o nosso município, de financiamentos que às vezes são necessários para promover as atividades”.

Euler Morais destaca que a atual gestão já conseguiu R$ 53 milhões em verbas que “vão proporcionar, sobretudo, a construção de 12 novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 10 escolas de tempo integral, isto tudo resgatando compromissos assumidos durante a campanha.

“Tenho confiança de que esta experiência será bem sucedida e nós já começamos na última semana de dezembro, compreendendo que em Brasília alguns recursos são empenhados mas, às vezes, o município não tem certidão negativa ou não dá entrada necessária, e acaba perdendo este empenho e aí destina para outro município. Então tínhamos que chegar no momento certo e, além disso, houve uma suplementação de recursos para os ministérios e nós tivemos a felicidade do apoio de vários parlamentares da bancada, de nos respaldarem junto a diversos ministérios, inclusive na Presidência da República”, ressalta.

Segundo o titular do Escritório de Prioridades Estratégicas, José Frederico Lyra Netto, a estrutura visa tirar as prioridades do papel. “O objetivo é formular e desenhar os projetos. Planejar, monitorar, avaliar as políticas públicas, incubar e implantar as políticas e inovações e modernização, com a desburocratização dos serviços. Iremos buscar soluções para melhorar, na ponta, ao contribuinte, para isso, iremos articular com quem capta recursos e também com demais secretarias”, explica.

O secretário de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), Agenor Mariano, relata que foi pedido do prefeito na reunião para que o trabalho seja em “unidade” para “manter as conquistas e avançar ainda mais com equilíbrio fiscal e desburocratização dos serviços para levar alegria e satisfação aos goianienses. "Também foi destacado que a pasta irá trabalhar para resgatar o compromisso de “moradias à população, também o desenvolvimento da cidade de acordo com o plano diretor, aperfeiçoar programas de desburocratização para as pessoas, como o Família Fácil.



Prefeitura de Goiânia Rogério Cruz Maguito Vilela