Poder Goiás

Goiânia, 04/03/21
Matérias
Youtube da Câmara

Fátima Mrué, foi defendida pelo promotor Fernando Krebs, do Ministério Público Estadual

Fernando Krebs: secretária municipal de saúde não pode ser crucificada

02/04/2019 · Por Diene Batista

Presente em mais uma convocação na Câmara de Vereadores para prestar esclarecimentos, a Secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué, foi defendida pelo promotor Fernando Krebs, do Ministério Público Estadual. 

“A secretária não pode ser crucificada enquanto pessoa física por todo o sistema de saúde, onde tivemos o sistema terceirizado para as OS. Tivemos o aumento de recursos para os hospitais, mas os atendimentos caíram consideravelmente”, disse em instantes no plenário. 

O promotor explicava o exemplo bem sucedido de Blumenal (SC) que pode ser adotado em Goiás. “Na saúde o paciente pode sair de último para primeiro, desde que exista risco de morte. A lista precisa ser transparente e republicana”, defende. 

Krebs disse ainda que Fátima é favorável a transparência no sistema de atendimento de saúde. “Tecnologia, internet, site das secretarias, o cidadão fazendo consulta para saber o lugar na fila’, lista.

Acompanhe a sessão no link abaixo: 


Câmara de Goiânia Fátima Mrué Fernando Krebs Saúde
P U B L I C I D A D E