Poder Goiás
Goiânia, 24/10/20
Matérias
Reprodução

Ao JA2, da TV Anhanguera, nesta quinta-feira, 15, o postulante reiterou que deu a cotovelada no produtor da Rádio 96 "para defender as ideias que nós trazemos no nosso projeto”

Sindicato dos Jornalistas divulga nota de repúdio contra Valeriano Abreu

16/10/2020 · Por Pedro Lopes

O Sindicato dos Jornalistas de Goiás divulgou uma nota de repúdio contra o candidato a prefeito de Anápolis Valeriano Abreu (PSL) após agressão a um jornalista na última quarta-feira, 14, durante entrevista no programa Observatório da Rádio 96 FM. (Assista o vídeo)

Segundo a nota, o candidato se irritou ao ser questionado acerca de um processo judicial em que responde por possíveis irregularidades em sua atuação enquanto síndico. “Preferiu não responder e, ao final da entrevista, muito alterado, agrediu o profissional que estava ali para cumprir o seu papel: fazer as perguntas para as quais o povo de Anápolis cobra respostas”, diz. Leia a íntegra no final. 

Ao JA 2, da TV Anhanguera, nesta quinta-feira, 15, o postulante reiterou que deu a cotovelada no produtor da Rádio 96 para defender a esposa, Lorena Abreu, e “para defender as ideias que nós trazemos no nosso projeto”.

NOTA DE REPUDIO

O Sindicato dos Jornalistas de Goiás vem, publicamente, repudiar a covarde agressão cometida pelo senhor Valeriano Abreu, candidato a prefeito da cidade de Anápolis pelo PSL ao jornalista Weber Witt, profissional que atua na Rádio 96 FM.

O candidato irritou-se, na tarde do último dia 14 de outubro, ao ser questionado em entrevista acerca de processo judicial que responde por possíveis irregularidades em sua atuação quando síndico naquela cidade. Preferiu não responder e, ao final da entrevista, muito alterado agrediu o profissional que estava ali para cumprir o seu papel: fazer as perguntas para as quais o povo de Anápolis cobra respostas.

A cidade de Anápolis, que já deu a Goiás vários governadores e outros políticos de grande estirpe, certamente não merece ter seu destino atrelado a alguém sem preparo e que prefere partir para a agressão em vez de dar as necessárias explicações de seus atos.

O Sindicato dos Jornalistas se coloca à disposição do colega jornalista e cobra das autoridades a devida apuração da agressão.


Goiânia, 15 de outubro de 2020.

A diretoria




Anápolis Valeriano Abreu Eleições 2020