Poder Goiás
Goiânia, 24/10/20
Matérias
Divulgação

“Não tem nada que desabone Chico Rodrigues", afirmou Vanderlan Cardoso

Vanderlan Cardoso sai em defesa de senador pego com dinheiro na cueca: “Amigo e companheiro”

16/10/2020 · Por Pedro Lopes

Candidato a prefeito de Goiânia, o senador Vanderlan Cardoso (PSD) saiu em defesa do também senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro na cueca durante operação da Polícia Federal em Roraima. Para Vanderlan, “não há nada que desabone” seu colega de parlamento.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, alguns parlamentares demonstraram apoio ao vice-líder do governo no Senado em conversas pelo WhatsApp e chegaram a criticar a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, de afastá-lo do cargo.

“Não tem nada que desabone Chico Rodrigues. Espero que o Davi (Alcolumbre, presidente do Senado) realmente tome providências e dê amparo legal ao nosso amigo e companheiro”, afirmou Vanderlan Cardoso, de acordo com áudio obtido pelo jornal.

O jornal O Popular entrou em contato com a assessoria de Vanderlan Cardoso, que reafirmou sua posição favorável à manutenção de Chico Rodrigues em seu cargo até a apuração do Conselho de Ética do Senado. O senador goiano também criticou a decisão monocrática do ministro Barroso.

“A decisão monocrática do ministro do STF fere a instituição e as garantias constitucionais. Apenas uma decisão plenária, como prevê a nossa Constituição, pode afastar um parlamentar. Qualquer conduta irregular do senador Chico Rodrigues deve ser analisada pelo Conselho de Ética da Casa e, se comprovada dentro do processo legal, devidamente punida”, afirmou ao Popular.

Ao sair em defesa de Chico Rodrigues, Vanderlan se amparou no cumprimento do processo legal. No entanto, o parlamentar goiano também não soube explicar a razão pela qual seu colega de Senado escondia dinheiro entre as nádegas, dentro da cueca.


Vanderlan Cardoso Chico Rodrigues