Poder Goiás
Goiânia, 04/03/21
Matérias
Divulgação

Vereadora Priscila Tejota quer diminuir os descontos das dívidas do município com fornecedores de 30 para 5%

Emenda de vereadora que beneficia empresariado chama atenção

29/03/2019 · Por Diene Batista

Uma emenda da vereadora Sabrina Garcêz (PTB) no projeto da Prefeitura de Goiânia de renegociação de dívidas empenhadas e liquidadas entre 2013 e 2017 chamou a atenção na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de Goiânia. A parlamentar quer diminuir os descontos das dívidas do município com fornecedores de 30 para 5%.

Na prática é como se a parlamentar quisesse facilitar para os empresários, mas usando o bolso do contribuinte goianiense. A matéria encaminhada pelo Paço em novembro do ano passado prevê o parcelamento da dívida de 398 fornecedores com desconto de 30%. Na proposta as parcelas iriam até dezembro de 2020, último ano da gestão Iris Rezende (MDB).

Como Iris acordou com os empresários a manutenção do fornecimento e a regularização do pagamento a partir de sua posse e a posterior negociação de débitos atrasados, o acordo de receber em curto prazo dívidas que poderiam arrolar por anos em tribunais, parece bastante razoável às partes. 

Tejota alega, em entrevista ao repórter Marcos Nunes do Jornal O Popular, que um desconto de 30% é muito para qualquer negócio. Em contrapartida, a colega Priscila Tejota (PSD) propõe parcelas aos empresários e alivia o juro de 50 para 10% que o Paço terá que bancar em caso de atraso na parcela. 


Câmara de Goiânia Iris Rezende Priscila Tejota
P U B L I C I D A D E