Poder Goiás
Goiânia, 04/03/21
Matérias
Foto: Divulgação

Vereador Tiãozinho Porto conversa com vereadores em sessão Ordinária da Câmara de Vereadores

Plano de Cargos e Salários dos Agentes de Saúde é barrado por vereadores

28/03/2019 · Por Diene Batista

Até o líder do prefeito na Câmara de Vereadores foi alvo da insatisfação parlamentar. O projeto de autoria de Tiãozinho Porto (Pros) que regulamenta o Plano de Cargos e Salários dos Agentes de Saúde e Endemias foi barrado. Tiãozinho não tem tido vida fácil desde que assumiu o posto a convite do prefeito Iris Rezende (MDB). 

Mesmo a regulamentação não trazendo gastos ao município, segundo Porto, pois é de iniciativa do Governo Federal. "Basta o Poder Legislativo regulamentar o pleito", explica. A oposição alega que a iniciativa precisa ser do Paço, visto que há sim aumento de despesas.

Estacionado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o projeto impacta 1.500 servidores:  900 Agentes Comunitários de saúde e 600 Agentes de combate à Endemias. Os vencimentos serão atualizados de R$ 1.080 para R$ 1.200. Completa nesta quarta-feira, 27, uma semana do pedido de vistas de Zander Fábio (Patriota).


Câmara de Goiânia Iris Rezende Agente de Saúde Tiãozinho Porto
P U B L I C I D A D E