Poder Goiás
Goiânia, 05/03/21
Matérias
Divulgação

Rayker diz que a declaração foi dada após uma discussão acalorada e reconhece que se exaltou “um pouco” e pediu desculpas

Prefeitura de Goianésia divulga nota de repúdio sobre declaração de servidor contra pedagogos

24/09/2020 · Por Pedro Lopes

Atualizado às 17h16: O prefeito de Goianésia Renato de Castro exonerou o servidor Rayker Jeorge. 

PARABÉNS AO PREFEITO RENATO DE CASTRO


A Prefeitura de Goianésia soltou nota de repúdio sobre as declarações de um servidor da prefeitura Rayker Jeorge que falou em áudio que circula nas redes sociais que diploma de advogado teria valor, mas que do magistério só serve para “limpar a bunda”. 

 “Salientamos ainda, que nosso respeito a valorização por essa classe sempre foi prioridade, e continuará sendo, por sabermos, e reconhecermos, a importância que cada um deles possui para formação de nossas gerações futuras”. Leia aqui.

A gestão também reafirma que “o áudio feito é de total responsabilidade de quem o fez e, que o mesmo, não fala em nome da atual gestão”. 

Logo após a grande repercussão sobre o caso, o Rayker enviou um áudio em que faz esclarecimentos sobre o que classifica como “mal entendido”. 

Ele diz que a declaração foi dada após uma discussão acalorada e reconhece que se exaltou “um pouco” nas palavras e “na tentativa de defender essa pessoa eu ofendi uma classe inteira” reconhece e pediu “desculpas”. 




Prefeitura de Goianésia Renato de Castro Eleições 2020
P U B L I C I D A D E