P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 30/09/20
Matérias
Divulgação

Gilberto Naves decidiu sair da política em 2016, quando passou o bastão para o aliado Renato de Castro

Gilberto Naves teria a chance de herdar 6 anos de mandato no Senado

14/09/2020 · Por Antônio Bento

O ex-prefeito de Goianésia Gilberto Naves (MDB) herdaria seis anos como senador caso tivesse aceitado ser o primeiro suplente da chapa que elegeu Vanderlan Cardoso (PSD), hoje um dos principais nomes para assumir a prefeitura de Goiânia a partir do ano que vem. 

Gilberto Naves decidiu sair da política em 2016, quando passou o bastão para o aliado Renato de Castro, e não aceitou os apelos para ocupar a vaga que o partido destinou a ele na chapa de Vanderlan em 2018. 

Com isso, caso o ex-prefeito de Senador Canedo tenha que renunciar ao cargo para ser diplomado em 1º de janeiro, será a vez do ex-deputado federal Pedro Chaves ocupar a vaga em Brasília, já que ele ocupou o lugar de Gilberto Naves na chapa encabeçada por Vanderlan.


Goianésia Gilberto Naves Renato de Castro MDB Pedro Chaves