Poder Goiás
Goiânia, 25/05/20
Matérias
Divulgação

Nelto celebrou a decisão do ministro Gilmar Mendes, do STF, de acatar a ação do partido e supender a prática da tarifa. “Ganha o povo brasileiro"

José Nelto comemora suspensão de tarifa cobrada sobre cheque especial não utilizado

21/05/2020 · Por Pedro Lopes

Em vídeo publicado em sua rede social no Instagram, o deputado federal José Nelto (Pode-GO) comentou a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que visa  acabar com a tarifa de 0,25% cobrada sobre o cheque especial não utilizado.

No vídeo, gravado em frente a uma agência do Banco Itaú, o deputado frisou que tais regras lançadas pelo Banco Central violavam seis artigos da Constituição. A tarifa foi aprovada pelo Governo Federal no ano passado e incide sobre cheque especial não utilizado acima de R$ 500. 

Na ocasião, Nelto celebrou a decisão do ministro Gilmar Mendes, do STF, de acatar a ação do partido e suspender a prática da tarifa. “Ganha o povo brasileiro. Perdem os banqueiros, que querem a qualquer custo extorquir os seus clientes”, declarou. A suspensão unilateral, porém, não tem efeito conclusivo e pode passar por outras deliberações. 



STF Podemos José Nelto Banco