Poder Goiás

Goiânia, 16/04/21
Matérias
Divulgação

Equipe do município formada representantes da Saúde, Educação e Assistência Social vai seguir avaliando as medidas

Goiânia decide seguir novo decreto de Caiado e cria comitê que pode editar medidas

21/04/2020 · Por Pedro Lopes

Com a atualização do decreto do governo de Goiás com medidas restritivas no combate ao Covid-19, cabem às prefeituras afrouxar ou intensificar as medidas para conter o avanço do vírus. Em Goiânia, a decisão foi seguir integralmente o decreto governamental. 

Antes da divulgação do novo decreto, o secretário de Governo da Prefeiura de Goiânia, Paulo Ortegal, já falava em possíveis flexibilizações, desde que respeitando o distanciamento social. Para a cúpula do município, as medidas do governador Ronaldo Caiado (DEM) já são flexíveis o suficiente para o momento.

Será formada pela prefeitura um gabinete de crise com equipe multidisciplinar para avaliar as medidas em Goiânia. A equipe é formada representantes da Saúde, Educação e Assistência Social. Cabe ao grupo o poder de editar alguma norma caso ele identifique a necessidade.  

 "O comitê de crise é constituído de todos os secretários da administração municipal. Ele vai fazer a avaliação de tudo que aconteceu no dia anterior, o que está acontecendo no dia presente e quais ações a prefeitura precisa tomar. A última providência que nós tomamos foi destacar recursos do tesouro municipal para adquirir 100 mil cestas básicas para acudir as famílias de pequeno poder aquisitivo", disse o prefeito Íris Rezende. 



Governo de Goiás Prefeitura de Goiânia covid-19