Poder Goiás


Goiânia, 13/04/21
Matérias
Divulgação

Aglomerações comuns em eventos com a presença de Bolsonaro em meio a pandemia do coronavírus

‘Caiado traidor’ foi o grito de bolsonaristas em tentativa de reaproximação

11/04/2020 · Por Pedro Lopes

A vistoria de hoje, 11, no local onde será construído o Hospital de Campanha de Águas Lindas gerou grande expectativa por ter sido a primeira vez que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se encontraria com Ronaldo Caiado (DEM) desde o rompimento político entre os dois.

No entanto, o encontro foi marcado pela frustração das lideranças que defendiam a união entre os dois aliados de primeira ordem até pouco tempo atrás. Para piorar a situação, cerca de 30 manifestantes usando criticaram Caiado.  

O grupo gritava 'Caiado Traidor' e repudiava a cobertura jornalística da Rede Globo ao mesmo tempo que pedia a liberação do que chamavam de remédio de Bolsonaro, a cloroquina.  

Somou-se ao constrangimento geral a presença do ministro da Saúde, Luis Henrique Mandetta, que está no centro da crise política do Governo Federal. Tudo em virtude das críticas de Bolsonaro às medidas de isolamento.



Ronaldo Caiado Jair Bolsonaro Governo de Goiás Governo Federal