Poder Goiás
Goiânia, 05/03/21
Matérias
Divulgação

Com o fim das coligações, o caminho natural para este ano é uma eleição com quatro ou mais nomes

Pretensão de Carlos Gomes em ser candidato em Goianésia ganha força

03/03/2020 · Por Pedro Lopes

Embora Carlos Gomes (DEM) seja pré-candidato na prática desde que rompeu com o prefeito de Goianésia, Renato de Castro (MDB), ainda no início de sua gestão, o democrata pretende, de fato, medir forças com MDB e PSDB em outubro.  

Apesar de acreditar que Caiado não interferirá no pleito local, não são nulas as chances do partido endossar a reeleição de Renato de Castro. O fator Daniel Vilela (MDB) é hoje o principal impeditivo a uma aliança do governador com o atual prefeito de Goianésia, correligionário, partido que hoje é oposição ao Governo de Goiás.

Mesmo tendo sido importante para vitória de Renato de Castro na acirrada disputa de 2016, Carlos Gomes hoje atrapalharia mais o projeto tucano, de oposição. Com a máquina na mão e a força histórica do MDB na cidade, aliado a uma forte aprovação - acima dos 50% - a leitura é de que uma pulverização só ajuda Renato. Com o fim das coligações, o caminho natural para este ano é uma eleição com quatro ou mais nomes. 


Goianésia Renato de Castro Carlos Gomes
P U B L I C I D A D E