Poder Goiás
Goiânia, 07/04/20
Matérias
Rubens Salomão / Sagres Online

O líder do governo na Câmara federal, deputado Vitor Hugo, afirma que a estratégia adotada é que a ficha seja disponibilizada e os apoiadoras por conta própria reconheçam firma em algum cartório de notas

Novo partido de Bolsonaro busca assinaturas em Goiás para as Eleições deste ano

18/01/2020 · Por Pedro Lopes

Com  o objetivo de lançar candidaturas já nas eleições deste ano, o novo partido de Jair Bolsonaro, Aliança pelo Brasil, busca colher assinaturas em Goiás para legitimar a sigla. Ocorreu, nesta terça-feira,14, o primeiro evento com esse objetivo em Goiás, que reuniu lideranças do partido na sede do Serviço Social Patronal de Goiás (Sesp), no Setor Sul, em Goiânia. 

Para se viabilizar para estas eleições, o Aliança Pelo Brasil deve coletar até o dia 4 de abril 492 mil assinaturas de apoiadores. Em Goiás, já foram coletados 6.500 cadastros, mas que não caracterizam filiação. Com isso, Goiás já bateu sua meta, mas a sigla segue mobilizando mais assinaturas, que precisa de firma em cartório.

O líder do governo na Câmara federal, deputado Vitor Hugo, afirma que a estratégia adotada é que a ficha seja disponibilizada e os apoiadoras por conta própria reconheçam firma em algum cartório de notas. Em seguida, o documento deve ser enviado à liderança regional do partido.

“Dessa maneira nós temos alguma chance de o TSE apenas apertar um botão para confirmar a autenticidade de cada assinatura e confirmar a criação do partido de forma mais rápida”, afirmou Vitor Hugo.



Jair Bolsonaro Aliança pelo Brasil TSE Eleições 2020