Poder Goiás

Goiânia, 03/03/21
Matérias
Divulgação

Crise gerada pela intenção do prefeito de Trindade, Jânio Darrot, de pedir licença da presidência do PSDB em Goiás pode fazer o partido ficar sem cadeiras na Câmara

Com medo de ficar sem cadeira após 9 mandatos, Anselmo avalia deixar PSDB

13/01/2020 · Por Pedro Lopes

A crise gerada pela intenção do prefeito de Trindade, Jânio Darrot, de pedir licença da presidência do PSDB em Goiás pode fazer o partido ficar sem cadeiras na Câmara Municipal de Goiânia. Segundo a coluna Giro do jornal O Popular, o vereador Anselmo Pereira avalia deixar o partido para buscar o décimo mandato.

"Toda essa situação nos faz começar a repensar. Quem é que vai tomar conta do PSDB e garantir que o partido terá uma chapa a altura, competitiva?", questionou o decado, que completou: "Do que adianta ter 10 mil votos e não conseguir se eleger por falta de chapa? Não quero correr esse risco".

Anselmo disse ainda que não começou a avaliar as alternativas partidárias. Além dele, Cristina Lopes está de malas prontas para o PL com o objetivo de disputar o Paço Municipal. Ambos avaliam aproveitar a janela partidária para deixar a sigla. 

Sabrina Garcês, que está sem partido, recebeu convites para se filiar ao PP, PSDB e até o MDB do prefeito Iris Rezende. Decidirá seu futuro em março em sintonia com o senador Vanderlan Cardoso (PP).


Anselmo Pereira Eleições 2020 PSDB Câmara de Goiânia
P U B L I C I D A D E