Poder Goiás


Goiânia, 13/04/21
Matérias
Divulgação

O Governo acusa negligência em vários âmbitos dos serviços prestados pela Enel, incluindo o atendimento comercial, sobretudo em processo envolvendo alteração de titularidade

É guerra: governo goiano aplica multa recorde à Enel por serviços ineficientes

19/11/2019 · Por Pedro Lopes

Em multa histórica, o Governo de Goiás determinou, por meio da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR), que a Distribuidora de Energia Enel Goiás pague R$ 62.115.208,17 em razão da má qualidade do serviço prestado. Trata-se da maior multa já aplicada à empresa, que já acumula outras duas somente neste ano no valor total de R$ 13.469.145,34. 

O Governo acusa negligência em vários âmbitos dos serviços prestados pela Enel, incluindo o atendimento comercial, sobretudo em processo envolvendo alteração de titularidade. As áreas de atendimento ao consumidor, faturamento de energia elétrica, devolução de valores por antecipação de obras e cumprimento dos prazos de pedidos de ligações prestados pela empresa também acumulam ineficiência. 

O auto de infração foi entregue na tarde desta segunda-feira à diretoria da Enel Goiás, em Goiânia. Agora, a empresa pode recorrer da multa em até 10 dias, cabendo ao  Conselho da AGR avaliar os recursos.  A evolução dos recursos pode culminar, em última instância, na diretoria da Aneel que, nesse caso, terá o poder de definir prazo para quitação da multa.  

Os valores provenientes da multa serão destinados à Conta de Desenvolvimento Energético e deverão ser revertidos em programas do Governo Federal envolvendo sistema elétrico. 


Enel Energia Governo de Goiás Multa Ronaldo Caiado Celg D