Poder Goiás
Goiânia, 30/03/20
Matérias
Marcello Dantas

Na semana passada, o Delegado Waldir foi gravado por um colega de partido afirmando que “iria implodir” Jair Bolsonaro, além de chamar o ex-capitão de "vagabundo”

Delegado Waldir recua, entrega cargo e Eduardo Bolsonaro vira líder do PSL na Câmara

22/10/2019 · Por Pedro Lopes

O deputado Delegado Waldir (PSL) renunciou no início da tarde desta segunda-feira, 21, ao cargo de líder do PSL  na Câmara dos Deputados. Com isso, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho de Jair, assume o posto, depois de uma longa e agressiva disputa pelo cargo.

Segundo a Secretaria-Geral da Mesa (SGM) Diretora da Câmara, a ala bolsonarista conseguiu coletar 32 assinaturas, para indicar Eduardo na manhã desta segunda, antes da renúncia. 28 foram consideradas válidas, para destituir o Delegado Waldir. Como eram necessárias 27 assinaturas válidas para validar a substituição, a SGM confirmou o nome de Eduardo para ocupar o cargo. 

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a confirmação da SGM aconteceu pouco depois do Delegado Waldir anunciar, em vídeo, que estava abdicando da liderança do partido na Câmara. 

"Venho a público fazer um esclarecimento, o meu partido, o PSL, decidiu retirar a ação de suspensão de cinco parlamentares e aceitamos democraticamente que foi feita por parlamentares. Já estarei à disposição do novo líder para de forma transparente passar para ele toda a liderança do PSL", disse o parlamentar no vídeo. 

A referência às suspensões se deve a um anúncio feito na semana passada pelo presidente do partido, deputado Luciano Bivar (PE), que havia decido suspender as atividades parlamentares de Carlos Jordy, Alê Silva, Bibo Nunes, Carla Zambelli e Filipe Barros. 

Na semana passada, o Delegado Waldir foi gravado por um colega de partido afirmando que “iria implodir” Jair Bolsonaro, além de chamar o ex-capitão de "vagabundo”.  Também na semana passada, Bolsonaro foi gravado em meio a uma articulação para destituir o Delegado Waldir da liderança do PSL na Câmara. 


Jair Bolsonaro Delegado Waldir PSL Eduardo Bolsonaro Luciano Bivar