P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 14/10/19
Matérias
Divulgação

A medida cautelar é da juíza Nathália da Costa, que acatou denúncia oferecida pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO). Em caso de desobedecimento, as denunciadas poderão ser presas preventivamente

Gameleira: Justiça afasta presidente da Câmara e vereadora pela prática de peculato

09/10/2019 · Por Pedro Lopes

A Justiça afastou a presidente da Câmara de Gameleira, Márcia Souza Santos, e a vereadora Mireille Dark Santana de seus cargos pela prática de peculato. 

A medida cautelar é da juíza Nathália da Costa, que acatou denúncia oferecida pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO). Em caso de desobedecimento, as denunciadas poderão ser presas preventivamente. 

Ambas foram denunciadas por terem se apropriado de dinheiro público, em 2009, quando elas emitiram, ilegalmente, três cheques para quitação de contrato de prestação de serviço jurídico em benefícios próprios.

Naquela época, Mireille era a presidente da Casa, quando contratou Márcia, que não pertencia ao Legislativo, para prestação de serviços jurídicos à Câmara. Em pouco tempo depois, Márcia pediu licença maternidade, que lhe foi concedida. Mesmo assim, Mireille continuou  emitindo pagamento para a contratada, no valor de R$ 2.311,39. A presidente assinou os cheques e repassou à Márcia, cujo valores foram usufruídos por ambas. 


Gameleira Peculato MP-GO