Poder Goiás

Goiânia, 03/03/21
Matérias
Divulgação

Os repasses mensais variam entre R$ 8,8 milhões a R$ 10,3 milhões

Câmara de Goiânia cria fundo especial e avisa que não mais devolverá recursos à Prefeitura

28/09/2019 · Por Pedro Lopes

Após devolver R$ 30 milhões à Prefeitura de Goiânia entre 2017 e 2018, os primeiros anos da gestão Iris Rezende (MDB), o presidente da Câmara de Vereadores de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota) anunciou que criará um fundo especial, sob o argumento de que os recursos serão usados para expandir as atividades da Casa.

A ideia, segundo comentam nos bastidores, é fazer uma reforma na sede do Legislativo, apesar de uma nova estar sendo construída no Parque Lozandes, próximo do Paço  Municipal. O ex-presidente Andrey Azeredo devolveu R$ 17 e R$ 13 milhões em 2017 e 2018, respectivamente, à prefeitura com destinação a programas e ações na área da Saúde.

O fundo especial foi aprovado em primeira votação e será próxima terça-feira, 1, para votação em definitivo, o projeto de lei da Mesa Diretora, presidida por Policarpo. De janeiro a agosto, a prefeitura repassou ao Legislativo um pouco mais de R$ 83 milhões, conforme nota de movimentação intra- orçamentária do Paço. Os repasses mensais variam entre R$ 8,8 milhões a R$ 10,3 milhões.


Câmara de Goiânia Romário Policarpo Duodécimo
P U B L I C I D A D E