P U B L I C I D A D E
Poder Goiás
Goiânia, 02/04/20
Matérias
Reprodução

A Secretaria de Saúde de Goiás afirmou, em nota, que irá implantar um Plano de Contingência da doença

Confirmado quarto caso de sarampo em Goiás, mas Bolsonaro só fala em novas vacinas em outubro

21/09/2019 · Por Pedro Lopes

Foi confirmado o quarto caso de Sarampo em Goiás. Duas das vítimas são de Goiânia. A quarta vítima é uma mulher que mora em Posse, a  424 quilômetros de Goiânia. Ele teria contraído a doença fora do estado, mas passou por tratamento e está curada. 

Recentemente, houve outros três casos confirmados no estado, sendo dois em Goiânia e um em Alto Paraíso. Todos passaram por acompanhamento médico e não estão mais sob risco. Não houve morte registrada. Por ora, o estoque de vacinas contra sarampo se esgotou em Goiás. A chegada de novas doses da vacina está prevista para outubro, informa o Ministério da Saúde e o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). 

A Secretaria de Saúde de Goiás afirmou, em nota, que irá implantar um Plano de Contingência da doença. Confira a nota na íntegra:

“Com a volta da circulação do vírus do sarampo no País, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) executa um Plano de Contingência da doença no território goiano. Em 2019 as ações foram atualizadas e entre as atividades desenvolvidas estão o incentivo à vacinação de forma seletiva de pessoas não vacinadas, conforme recomendações do Ministério da Saúde  – inclusive com atualização do cartão de vacinas de profissionais de saúde -, monitoramento e bloqueio vacinal dos contatos de casos suspeitos em tempo oportuno de até 72 horas, qualificação para atualizar os profissionais que atuam na rede de saúde sobre a doença, empenho do laboratório de referência (Lacen-GO) em liberar os resultados dos exames laboratoriais no menor tempo possível, entre outras.”


Sarampo Saúde Pública Ministério da Saúde Vacinas Vacinação Jair Bolsonaro