Poder Goiás
Goiânia, 24/08/19
Matérias
Foto: Divulgação

O deputado diz que, nas próximas eleições, vai “trabalhar muito mais para que Caiado não se reeleja”

“Tenho vergonha de ter ajudado Caiado a se eleger”, diz Delegado Waldir

13/08/2019 · Por Eduardo Horacio

Em entrevista ao jornalista André Marques, no Jornal Argumento, na TV Capital, o deputado federal Delegado Waldir (PSL), líder de seu partido na Câmara dos Deputados, diz ter “vergonha” de ter ajudado Ronaldo Caiado (DEM) a se eleger governador. “Trabalhei para o derrota do Marconi ao Senado e ajudei o Caiado a se eleger governador, fato que tenho vergonha mas não posso esconder o que fiz”. Já em paz com o governo de Jair Bolsonaro (PSL), Waldir diz não haver espaço para perdoar Caiado. “Caiado não tem palavra. Traiu todos os que o ajudaram a se tornar governador. O povo de Goiás não merece ter um governador tão incompetente”, atacou Waldir.

O deputado diz que, nas próximas eleições, vai “trabalhar muito mais para que Caiado não se reeleja”. E diz o motivo: “ele não tem palavra, não cumpre acordos”. Waldir foi além e disse que conversou com Caiado para ajudar os prefeitos que ajudaram Waldir e ele, Caiado, teria dito a Waldir que não iria cumprir o combinado.

Waldir também criticou a gestão de Caiado. “Em Goiás existem vários hospitais em obras abandonados, outros hospitais já prontos e abandonados. A saúde em Goiás está um caos, tem que acabar com o blá-blá-blá e começar a governar, começar a trabalhar”, completou. Por fim, ele também criticou o que chama de “bajulação” ao presidente Jair Bolsonaro. “O governador tem que tomar vergonha na cara e parar de ficar bajulando Bolsonaro. Caiado ainda não deixou de ser deputado e vive em Brasília o tempo todo. Em todos os eventos do presidente Bolsonaro, o Caiado aparece atrás do presidente, igual papagaio de pirata. Ele não trabalhou na campanha do Presidente. Ele fez campanha para o Alckmin”, finalizou.

Aos fatos: no primeiro turno, Caiado não declarou seu candidato a presidente em momento algum e nem subiu em palanque. No segundo turno, fez campanha aberta para Jair Bolsonaro. 


Jair Bolsonaro Ronaldo Caiado Delegado Waldir PSL DEM